Anestesia, quais os riscos?

  1. O tipo de anestesia é uma decisão importante que pode ter impacto sobre a sua recuperação. Você deve conversar sobre o assunto e esclarecer todas suas dúvidas com seu cirurgião e seu anestesista. Vários fatores devem ser considerados ao selecionar o tipo de anestesia, incluindo:

– Suas experiências e preferências anteriores. Você já foi anestesiado antes? Você teve alguma reação à anestesia? Algum parente já teve reação à anestesia?

– Sua saúde atual e condição física. Você fuma? Você está acima do peso? Você está sendo tratado por qualquer outro problema de saúde?

– Suas reações a medicamentos. Você tem alguma alergia? Você já teve efeitos colaterais de medicações? Quais os medicamentos, suplementos nutricionais, vitaminas ou produtos naturais que você está tomando atualmente?

– Os riscos envolvidos. Os riscos variam, dependendo de sua saúde do tipo de anestesia, mas podem incluir dificuldades respiratórias, reações alérgicas e lesão neurológica. Seu anestesista irá conversar com você sobre os riscos específicos de cada anestesia.

– Sua equipe de saúde. As habilidades e preferências de sua equipe cirúrgica e anestésica é um importante fator na seleção do tipo anestesia.

 

Tipos de Anestesia

Existem três grandes categorias de anestesia: local, regional e geral.

Anestesia local
A anestesia local é realizada diretamente na área a ser tratada. O local pode ser anestesiado com uma injeção, spray ou pomada que tem duração de um curto período de tempo. Os pacientes permanecem conscientes durante este tipo de anestesia. Esta técnica é reservada apenas para procedimentos menores.

Anestesia regional
A anestesia regional é realizada através do bloqueio dos nervos para uma área específica do corpo, sem afetar seu cérebro ou respiração. Poderá ser administrado sedativos para que você relaxe e durma durante o procedimento.

Os três tipos de anestesia regional mais utilizados nas cirurgias de joelho são araquianestesia, a anestesia peridural e o bloqueios de nervos periféricos.

As vantagens da anestesia regional inclui menor perda de sanguínea, menos náuseas, menos sonolência, melhor controle da dor após a cirurgia, e redução do risco de complicações.

Os efeitos colaterais da anestesia regional podem incluir dores de cabeça, dificuldade para urinar e reações alérgicas.

Anestesia geral
A anestesia geral é frequentemente utilizada para cirurgias de grande porte. Ao contrário da anestesia regional e local, a anestesia geral atua sobre o sistema nervoso central e cérebro e o paciente fica temporariamente inconsciente.

Como acontece com qualquer anestesia existem riscos, que podem ser aumentados se você já tiver uma doença cardíaca, doenças pulmonares crônicas ou outros problemas médicos sérios.

“Esta informação é fornecida como um serviço educativo e não se destina a servir como orientação médica. Qualquer um que procura aconselhamento ortopédico específico deve consultar o seu médico ortopedista.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *